CUIDADO COM AS PALAVRAS

No dia 29 de Junho fui a uma determinada loja de roupa para saber até quando estava válido o saldo de um cartão oferta que tenho.

O menino informou-me que tinha a validade de três anos por isso ainda estava válido.

Mas três anos a partir de quando? – perguntei.

Hum…a partir de 04/07. – disse ele. Portanto, ainda tem três anos para usar! 🤔

Então, mas se hoje é 29/06 e a validade é de três anos, isso quer dizer que este cartão me foi enviado do futuro? – perguntei.😵

Hum…pois…provavelmente 04/07 é a data final de validade…pois, deve ser isso! – respondeu ele. 🤔

Fiquei na mesma! 🙄

Lembre-se: palavras/ expressões como: “talvez”, “provavelmente”, “deve ser”, “possivelmente”, “eventualmente”, “supostamente”, “penso que”, “pelos vistos”, “em princípio” e muitas outras que induzem dúvida, hesitação ou ambiguidade devem ser evitadas, para não dizer mesmo eliminadas. O seu cliente quer informações claras, objetivas, seguras e fidedignas e é para isso que o procura, não para ficar com mais questões a pairar.

Até à próxima dica!😜 

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!