ABANDONE O SEU EGO

Trabalho sempre por antecipação. Em Agosto fui à procura de lençóis para o Inverno. De flanela.

Ao perguntar à senhora da loja se os tinha sou recebida com um ar arrogante e a seguinte resposta:

– Em Agosto? Não, como é óbvio não se vendem lençóis de flanela no Verão, claro que não temos!!!

Já nem a conseguia ver de tão pequenina que fiquei. Que burra! É óóóbvio que não se vendem lençóis de flanela no Inverno! Como é que eu não sabia?!? 🙄

Depois deste episódio, como também é óóóbvio, não vou comprar os lençóis naquela loja. Fui a mais duas do género e fui recebida com um “ainda não temos, mas mais umas semaninhas e já devem chegar” e um sorriso ou um “os que tenho ali são do ano passado, espere pela nova coleção que fica mais bem servida” e um sorriso.

Lembre-se: não precisa de provar ao seu cliente que é detentor do conhecimento, até porque isso é o que é suposto; por outro lado, o seu cliente não é obrigado a saber da sua arte, esse é o seu papel! Então, seja paciente e evite palavras que rebaixem e mostrem que ele não percebe nada do assunto, isso só serve para alimentar o seu próprio ego e em nada ajuda a informar ou cativar o seu cliente, exatamente o que seria o ideal.

Até à próxima dica. 😜

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!