SAIBA SER ASSERTIVO

Lembro-me de um cliente em particular que queria alugar um quarto duplo (pelo preço de um quarto duplo) para três casais.

🙄

Não é possível…

Lamentei a situação e expliquei-a ao cliente. Apresentei as alternativas possíveis.  

Este cliente esteve horas a apresentar argumentos, a pedir justificações e a tentar levar a dele avante, começando a ultrapassar o limite do aceitável com um tom de voz mais alto, agressivo e inquisitivo.

Vi-me obrigada a ser assertiva: “O que pretende não é possível! Se quiser escolher alguma das alternativas que lhe apresentei, terei todo o gosto, caso contrário agradeço que se retire!” E apontei-lhe a porta da rua.

Adote uma postura firme e uma linguagem corporal segura, caso contrário, não consegue fazer-se respeitar. E, atenção, nada disto significa ser agressivo ou mal educado!!!

Lembre-se: é verdade que o nosso cliente é a verdadeira razão da existência da nossa empresa e do nosso cargo, mas isso não significa que tem que aceitar tudo o que ele lhe exige. Saiba quais as suas regras e os seus limites e seja assertivo o suficiente para garantir que não são ultrapassados, para seu próprio bem! Se estiver bem, o seu verdadeiro cliente estará bem.   

Até à próxima dica. 😜

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!