Os Pastéis de Belém foram considerados uma das 50 iguarias mais saborosas do mundo pelo jornal “The Guardian”?

A história dos Pastéis de Belém remonta ao início do século XIX. Nessa época existia, junto ao Mosteiro dos Jerónimos, uma refinaria de cana-de-açúcar com uma pequena loja de comércio anexa. Devido à revolução liberal de 1820, todos os mosteiros e conventos foram encerrados em Portugal, pelo que se acredita que alguém do Mosteiro dos Jerónimos tenha colocado um pastel delicioso à venda nesta loja, a fim de preservar o doce.

Este pastel é hoje conhecido como “Pastel de Belém”, é delicioso e de fama internacional.

Apesar de muitas serem as tentativas, nunca ninguém conseguiu igualar a receita da fábrica dos “Pastéis de Belém”, concebidos na “Oficina do Segredo”, artesanalmente, desde 1837 e, segundo dizem, de acordo com a receita original.

Os mestres pasteleiros da fábrica assinam, mesmo, um termo de responsabilidade e fazem um juramento em como nunca revelarão a receita!

Se quiser saber mais sobre este ícone português pode visitar a loja na Rua de Belém, n.ºs 84-92 ou navegar em www.pasteisdebelem.pt

—– Post originalmente publicado no Linkedin. —–

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!