Os tapetes da Arraiolos são um dos ex-líbris do artesanato português?

Arraiolos é uma vila portuguesa, situada no distrito de Évora, na zona do Alentejo Central. Aqui começou a desenvolver-se há muitos, muitos anos, através da curiosidade das artesãs da época, o ponto de Arraiolos, que é um ponto cruzado oblíquo muito mais complexo do que possa parecer.  

Apesar das primeiras referências a este ponto remontarem ao século XV em Portugal, é a partir do século XVII que os tapetes começam a ter uma produção mais elevada.

Os temas bordados nos tapetes de Arraiolos podem ser pré-definidos de forma perfeita, ou aplicados livremente e têm vindo a acompanhar as tendências das épocas.

No século XIX os tapetes de Arraiolos quase desapareceram. Foram considerados antiquados, caros e de produção demorada, o que, com a industrialização da altura, não foi de estranhar.

Felizmente, no século XX, os tapetes de Arraiolos ganharam uma nova vida, a sua procura aumentou e a produção expandiu-se imenso.  

Atualmente, esta pérola do artesanato português é muito estimada e valorizada, vive e prospera, mas, como todos sabem, para manter tradições é preciso dar-lhes atenção permanente e cuidar constantemente.  

Se quiserem saber mais não deixem de visitar o Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos: www.tapetedearraiolos.pt

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!