Existe uma embarcação, típica do Douro, com o nome de Barco Rabelo?

Os Barcos Rabelos tinham como objetivo o transporte do vinho do Porto, através do rio Douro, num tempo em que estradas e caminhos-de-ferro eram uma utopia e o rio, sem barragens que o acalmassem, era bem mais bravo do que atualmente.

Estes barcos e os seus mestres tiveram um papel preponderante na propagação do vinho do Porto por todo o mundo e estarão para sempre inscritos na história desta bebida, um dos ex-libris de Portugal.

Tratam-se de embarcações de fundo chato e vela quadrada, de 19 a 23 metros. Construído com tábuas sobrepostas, conseguia transportar até 100 barris e uma tripulação até 12 homens.

Mesmo depois da construção da primeira via ferroviária, estes barcos continuaram a ser muito usados com este mesmo fim, sendo a última viagem registada datada de 1964.

Hoje em dia os Barcos Rabelos são usados para calmos passeios pelo rio Douro e acontece, anualmente, a 24 de Junho, a Regata Anual dos Rabelos, um evento muito agradável e que chama milhares à região.

O rio Douro nasce em Espanha e desagua em Portugal, é o terceiro maior rio da Península Ibérica, tem um comprimento total de 897 Km e só as águas portuguesas são navegáveis. Aqui, passa pelos distritos de Bragança, Guarda, Viseu, Vila Real, Aveiro e Porto.

Partilhar é cuidar!

shares
Don`t copy text!