A guitarra portuguesa descende da cítara europeia do Renascimento?

Tem vindo a evoluir ao longo dos anos, tendo adotado uma melodia muito própria e que qualquer português reconhece ao mínimo dedilhar.

Acompanha, por norma, os fadistas, pelo que é muito associada a este estilo musical.

Existem três tipos de guitarra portuguesa: a de Lisboa, a de Coimbra e a do Porto.

A da capital tem caixa baixa arredondada, um som mais delicado e um caracol na cabeça.

A de Coimbra é maior, com o corpo mais fino e uma lágrima incrustada na cabeça.

A do Porto é a mais pequena e tem na cabeça ou um dragão esculpido, ou uma flor.

Qualquer um dos três estilos têm seis ordens duplas de cordas metálicas.

 

Fonte da imagem: encurtador.com.br/jlLOX

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!