No castelo de Bragança existe uma torre que pertence a uma princesa?

A lenda conta que, em tempos idos, habitava neste castelo uma linda princesa. Era órfã e estava a ser criada pelo seu tio, que era o senhor do castelo. Quando a idade da paixão chegou, enamorou-se por um belo nobre que, apesar de muito honesto, era pobre.

Ora, o tio da princesa jamais aceitaria esta união, pelo que o jovem apaixonado partiu em busca de riquezas. Prometeu voltar quando fosse, finalmente, digno da mão da princesa. Mais de dez anos se passaram e o belo cavaleiro sem regressar. Ao longo de todo este tempo, muitos foram os pretendentes que a donzela recusou, pois o seu coração já tinha ocupante.

O senhor do castelo de Bragança não mais podia aceitar aquela situação. Furioso, decidiu fazer a união da princesa com um amigo seu, forçando-a ao casamento. A sobrinha abriu o jogo e contou-lhe o motivo de tantas recusas, o que só serviu para o enraivecer ainda mais.

O plano estava traçado: ia disfarçar-se de fantasma, pregar-lhe um valente susto e persuadi-la, através do medo, a casar com o seu amigo. E assim foi. Quando chegou a noite, invadiu os aposentos da princesa, coberto com um manto branco, e amedrontou-a. Disse-lhe ser o fantasma do amado e passou-lhe uma mensagem: se não se casasse com o atual pretendente, seria condenada à desgraça para todo o sempre.

A princesa estava tão apavorada, que estava prestes a jurar, por Cristo, que cumpriria o desejo do tio. No entanto, nesse preciso momento, abriu-se uma porta, que deixou entrar um raio de sol, mesmo sendo de noite. A donzela percebeu de imediato o que se passava, o tio foi desmascarado e o casamento não se concretizou.

A princesa foi forçada a viver para sempre reclusa na torre do castelo, tendo esta obtido, por isso, a denominação de “Torre da Princesa”. As portas dos antigos aposentos da jovem receberam os nomes de “Porta da Traição” e “Porta do Sol”, também como representação deste episódio.     

Bragança é uma cidade portuguesa, localizada no norte do país, em terras de Trás-os-Montes. É capital do distrito de Bragança e sede de município. É limitado a norte e leste por Espanha (província de Zamora), a sudeste pelo município de Vimioso, a sudoeste por Macedo de Cavaleiros e a oeste por Vinhais.

Partilhar é cuidar!

shares
Don`t copy text!