A maioria de nós é educado com uma mentalidade de escassez, falta e insuficiência, especialmente em relação ao dinheiro. Expressões como “o dinheiro não presta para nada”, “o dinheiro não cresce nas árvores”, “se queres alguma coisa tens que te matar a trabalhar para isso”, “nada se consegue sem esforço”, “tens que ter um bom trabalho se queres ser alguém na vida”, são exemplos disso.  

Podemos viver a culpar os nossos educadores e a sociedade em geral pelos nossos problemas ou podemos assumir a responsabilidade sobre a nossa vida e mudar a nossa mentalidade. Qual a sua escolha?

A questão aqui é analisar os problemas que tem tido e perceber a sua origem. Muitas vezes temos conflitos internos muito grandes por não conseguirmos o trabalho ideal, o carro ideal, o estatuto ideal, porque temos uma relação muito pouco saudável com o dinheiro, vivemos sempre com pensamentos de escassez e não percebemos que tudo isso está relacionado.

Para se conhecer melhor, e à raiz dos seus problemas, reflita sobre esta questão e mude a sua relação com o dinheiro. Sugiro que invista em instrução financeira e que comece a perceber mais e melhor sobre o dinheiro. Se não tem condições financeiras, saiba que existem inúmeros conteúdos gratuitos por essa internet fora e que só não consegue se não quiser. Pesquise, invista e veja a magia acontecer.

Ouse conhecer-se melhor e analise a sua relação com o dinheiro!

Passe para me contar as aprendizagens e as mudanças que analisar a sua relação com o dinheiro lhe trouxe.

Para um processo de auto-conhecimento mais célere e eficiente não hesite em contactar-me, terei o maior gosto em dar-lhe a mão nesta sua caminhada.

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!