O que é que tem a ver? Tudo! Ao adotar um animal de estimação vai enfrentar desafios nunca antes experimentados, vai deparar-se com situações novas e ter que fazer algumas cedências. O que é que toda esta experiência lhe diz sobre si?

Desde a tomada de decisão da adoção, à escolha dos acessórios para o seu novo amigo, passando pela seleção da melhor ração que lhe pode dar, à gestão das suas emoções sempre que ele fizer asneiras e à gratidão pelo amor que ele lhe dá incondicionalmente, tudo isto lhe vai mostrar um lado seu que, provavelmente, desconhecia.

Mesmo que já seja um amante de animais e os tenha tido a vida toda, aventure-se por uma experiência destas, pois vai fazer um amigo para a vida, ter sempre alguém à sua espera, companhia e amor. Converse com ele, analise o que sente, o que pensa, o que diz, o que faz.  

Nos dias mais cinzentos olhe-o nos olhos e imagine o que ele pensa sobre si. Tente ser tudo aquilo que ele acha que você é, supere-se e empodere-se!

Ouse conhecer-se melhor e adote um animal de estimação!

Passe para me contar as aprendizagens e as mudanças que adotar um animal de estimação lhe trouxe.

Para um processo de auto-conhecimento mais célere e eficiente não hesite em contactar-me, terei o maior gosto em dar-lhe a mão nesta sua caminhada.

PS – Um animal não é um brinquedo. É um ser vivo, com necessidades específicas. Exige tempo, tolerância e dinheiro. Vai precisar ser educado, acarinhado, cuidado. Vai envelhecer, adoecer e fazer as maiores peripécias, por isso decida em consciência antes de adotar, entregue-se ao seu amiguinho e desfrute da sua companhia, proporcionando-lhe a melhor vida que puder. Se não puder garantir isso, é preferível não adotar.   

Partilhar é cuidar!

shares
Não copie o texto!